Está praticamente tudo a postos para a realização das eleições legislativas de 20 de Março, garantiu a presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Maria do Rosário Pereira. “Neste momento, já estamos a finalizar o processo de confecção dos boletins de voto e hoje mesmo começaremos a enviar os boletins de voto para diáspora e já estamos a concluir o processo de designação e formação dos membros de mesa. Praticamente tudo está a apostos”, garantiu Maria do Rosário Pereira. Nas eleições legislativas de 20 de Março concorrem seis partidos designadamente Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV – no poder há 15 anos), liderado por Janira Hoppfer Almada, o Movimento para a Democracia (MpD), tendo à frente Ulisses Correia e Silva, a União Cabo-verdiana Independente Democrática (UCID) encabeçada por António Monteiro, o Partido Social Democrático (PSD) de João Além, o Partido do Trabalho e Solidariedade (PTS) liderado por José Augusto Fernandes e o recém-criado Partido Popular (PP) de Amândio Barbosa Vicente. De acordo com a Comissão Nacional de Eleições o PAICV, o MpD e a UCID apresentaram candidaturas em todos os 13 círculos eleitorais, sendo 10 no país (Santo Antão, São Vicente, São Nicolau, Sal, Boa Vista, Maio, Santiago Sul, Santiago Norte, Fogo e Brava) e três da diáspora (África, América e Europa e resto do mundo). Ao todo estão inscritos 350.388 inscritos, sendo 305.303 e na diáspora, conforme dados disponibilizados pelo Serviço Central de Apoio ao Processo Eleitoral (SAPE). Fonte: Inforpress