PN detém uma mulher na posse de mais de 10 kg de cannabis “padjinha” e 32 gramas de um pó branco

55

Uma jovem natural da ilha de Santiago, mas com residência em São Filipe (Fogo) foi detida segunda-feira à noite, na posse de uma certa quantidade de cannabis “padjinha” e de um pó branco que se presume ser drogas.

Segundo uma fonte da esquadra da Polícia Nacional (PN) de São Filipe, o cannabis “padjinha” estava em onze embrulhos num total de 10.7 quilogramas (kg), enquanto o pó branco, que a PN suspeita ser cocaína ou crack apreendido pesa 32 gramas.

A detenção aconteceu na noite de segunda-feira após a chegada do fast ferry e a mesma vai ser apresentada na tarde de terça-feira ao poder judicial para o primeiro interrogatório para legalização da prisão e aplicação de medidas de coação.

A jovem de 26 anos residia há vários anos na cidade de São Filipe e, segundo a Polícia Nacional, na altura em que foi detida fazia a mudança da droga de um bairro para o outro.

Esta é a segunda maior apreensão de cannabis “padjinha” apreendido este ano, sendo que a primeiro ocorreu no passado mês de Julho quando a PN deteve nos Mosteiros três indivíduos na posse de cerca de 19 kg de estupefacientes vindo da ilha de Santiago.

Por: Inforpress