Polícia Judiciária portuguesa realiza buscas a instalações do Benfica

285

A Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa confirma que está a decorrer uma investigação sobre o «caso do emails».

Foto de Sport Lisboa e Benfica.

Em comunicado, a procuradoria escreve que «foram emitidos mandados de busca domiciliária e não domiciliária», devido a uma investigação em curso pelos crimes de corrupção passiva e activa e que no «inquérito investiga-se a prática, por parte de um suspeito, dos referidos crimes, relacionados com os denominados emails do Benfica».

Esta quinta-feira vários inspetores da Polícia Judiciária estiveram a fazer buscas no Estádio da Luz e na casa de Luís Filipe Veira, presidente do Sport Lisboa e Benfica.

Em comunicado, o Benfica escreve que a investigação «peca por tardia» e que está a encarar todo o processo com a «maior tranquilidade».

Recorde-se que o caso do emails foi lançado pelo diretor de comunicação do FC Porto, que nos últimos meses revelou alegados emails que mostravam pressão e controlo do Benfica junto dos responsáveis da arbitragem.

Fonte: ZeroZero