Inicio Internacional Desporto Portugal encaixou 1.674 milhões de euros com “venda” de futebolistas desde 2017

Portugal encaixou 1.674 milhões de euros com “venda” de futebolistas desde 2017

115

Os clubes portugueses alcançaram receitas líquidas de 1.674 milhões de euros nas últimas cinco épocas, sendo Portugal o país com melhor saldo entre compra e venda de “passes” de futebolistas num total de 40 nações.

O Observatório do Futebol (CIES) divulgou que o investimento dos emblemas lusos foi de 527 milhões de euros na contratação de jogadores – o oitavo posto neste critério, liderado pela Inglaterra.

A sexta posição de Portugal do rol de países com mais receitas, encabeçado pela França, põe os emblemas lusos no topo dos balanços entre aquisições e “exportações” de jogadores (1.147 milhões de euros).

O CIES ressalva que os valores em causa são aproximados, uma vez que nem sempre as verbas das transferências estão disponíveis ou foram divulgadas na sua totalidade e extensão.

Imediatamente a seguir a Portugal, o Brasil apresenta um saldo igualmente positivo de 1.021 milhões de euros, seguindo-se os Países Baixos, com 742 milhões de euros.

A Inglaterra surge no polo oposto, ao investir 6.922 milhões de euros e a obter somente receitas de 2.572 milhões de euros – um saldo negativo de 4.350 milhões de euros. A Itália e a China são os países seguintes com balanço negativo, respetivamente, de 910 e 433 milhões de euros.
Por: RTP