O top 3 do ranking é ocupado pela Áustria (1.º lugar), Alemanha (2.º lugar) e Suíça (3.º lugar), segundo os dados divulgados. 

Portugal encontra-se em 17.º lugar no ranking do Barómetro Bem-Estar Financeiro, da Intrum, divulgado esta segunda-feira, que inclui 24 países europeus, e abaixo da média europeia.

“A incerteza causada pela invasão da Rússia à Ucrânia e as sanções do Ocidente, em resposta às suas ações militares, já se fez sentir no comportamento das famílias, tal como na dificuldade em equilibrar os seus rendimentos mensais e despesas”, pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

O top 3 do ranking é ocupado pela Áustria (1.º lugar), Alemanha (2.º lugar) e Suíça (3.º lugar), segundo os dados divulgados. 

“Pouco mais de um ano depois do início da pandemia, tanto Portugal, como Espanha e Itália, viram a sua posição melhorar no ranking do Barómetro Bem-Estar Financeiro, comparativamente aos resultados de 2020, mas é importante salientar que muitos dos seus consumidores têm sido significativamente afetados pela crise e continuam a lutar para sobreviver, dado que a pandemia afetou de forma desigual os diferentes grupos de consumidores”, pode ler-se no mesmo comunicado. 

O estudo revela ainda que “no que diz respeito à capacidade dos consumidores em pagar as contas dentro dos prazos estabelecidos, Portugal encontra-se no grupo que ocupa o fim da tabela, ficando em 22.º lugar num total de 24 países.  Com pior classificação que Portugal, estão apenas a Hungria e a Grécia”. 

Por: Noticias ao Minuto