Portugal vai parar com as práticas de expulsão de criminosos para Cabo Verde

816
O estado português vai acabar com a prática de expulsar para Cabo Verde cidadãos da comunidade cabo-verdiana residente em Portugal que cometam crimes no país. A decisão anunciada hoje por António Costa, Primeiro-Ministro de Portugal, no final de uma reunião que durou mais de uma hora em São Bento com o primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva. “Vamos pôr termo a uma prática recentemente introduzida de aplicação de penas de expulsão para cidadãos cabo-verdianos residentes em Portugal. Nesta relação de fraternidade, entendemos que, se os crimes são cometidos em Portugal, as penas também devem ser cumpridas em Portugal”, declarou. António Costa considerou mesmo esse tipo de práticas “como desumanas e que não contribuem para a reinserção social” do cidadão que cometeu o crime. “Não podemos transferir problemas gerados por uma comunidade para um país irmão. Iremos resolver essa situação tão breve quanto possível” acentuou o líder do executivo.

Fonte: RTP