Presidente da federação do Haiti suspenso pela FIFA por violar jogadoras

155

O presidente da federação haitiana de futebol foi suspenso esta segunda-feira preventivamente pela FIFA, depois de ter sido acusado de violar várias jogadoras menores de idade.

«A câmara de investigação da comissão de ética independente proíbe provisoriamente que Yves Jean-Bart, presidente da federação de futebol do Haiti, exerça qualquer atividade ligada ao futebol, a nível nacional e internacional, por um período de 90 dias», escreveu o organismo em comunicado.

O dirigente está a ser investigado pela brigada de proteção de menores da polícia judiciária haitiana.

De acordo com o The Guardian, há testemunhos de que Bart terá violado sistematicamente jovens jogadoras nos últimos anos. Várias vítimas terão dito ao jornal inglês que pelo menos duas raparigas tiveram de abortar.

Por: Maisfutebol