Presidente da República efectua visita de trabalho de quatro dias a Alemanha

163

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, inicia, hoje, sexta-feira uma visita de quatro dias a Alemanha no quadro da nova estratégia de maior aproximação e de nova agenda para as relações bilaterais entre os dois países.

Segundo a Presidência da República, esta visita à Alemanha traduz-se num reforço do diálogo político ao mais alto nível, sobretudo a nível federal, e de estreitamento da cooperação com os Estados Federados de Hamburgo e de Schleswig-Holstein, em vários domínios.

“Esta será, também, uma oportunidade para elevar as relações económicas e empresariais entre Cabo Verde e a Alemanha a um patamar superior”, lê-se numa nota de imprensa enviada à Inforpress.

Na sexta-feira, no primeiro dia, Jorge Carlos Fonseca e comitiva visitarão a Cidade Livre e Hanseática de Hamburgo, localizada no norte da Alemanha, onde serão recebidos pelo presidente do Senado e burgomestre da cidade, Peter Tschentscher, com quem o chefe de Estado terá um encontro de trabalho, antes de uma visita guiada ao Museu Marítimo Internacional.

No sábado, o Presidente da República será recebido pelo ministro presidente do estado de Schleswig-Holstein, Daniel Gunther. Assistirá ainda à apresentação do projecto ‘The ship-based Waste-recycling-Systems”, pela Universidade de Ciências Aplicadas de Kiel e ‘Energy Innovation Project’ e à uma breve apresentação de um conceito inovador de abastecimento de energia e água, pela Emma Technologies.

De seguida, Jorge Carlos Fonseca efectua uma visita ao GEOMAR Helmholtz-Centro de Pesquisa Oceanográfica de Kiel, assim como ao Centro Tecnológico e de Logística. À tarde, terá um encontro com estudantes cabo-verdianos, antes de se deslocar à Universidade Técnica de Hamburgo, e terminar o dia num encontro com a comunidade cabo-verdiana, residente nessa cidade. Está previsto ainda um convívio e a entrega de condecorações a cidadãos cabo-verdianos.

No domingo, no terceiro dia da sua visita, Jorge Carlos Fonseca irá encontrar-se com representantes da Associação de Cabo-verdianos de Berlim. No ultimo dia, o chefe de Estado cabo-verdiano desloca-se ao (Bundestag) Parlamento onde será recebido pelo seu presidente, Wolfgang Schauble.

Depois segue para a Representação da Agência para a Cooperação Internacional onde fará um discurso no fórum sobre “Negócios e oportunidades de investimento em Cabo Verde”, evento no qual também participa o secretário de Estado para as Finanças, Gilberto Barros.

À tarde Jorge Carlos Fonseca encontra-se com o Presidente da República Federal da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, e visita o Memorial do Muro de Berlim.

O Presidente da República de Cabo Verde e a sua comitiva termina a sua visita no Centro Jacob e Wilhelm Grimm (Centro dos Irmãos Grimm) da Universidade Humboldt.

Esta é a segunda visita de um chefe de Estado cabo-verdiano à Alemanha, depois de Pedro Pires, em 2009, com o relançamento das relações bilaterais entre os dois países. Isto depois da visita do ministro federal alemão dos Transportes, Peter Ramsauer, a Cabo Verde em 2011.

O Centro Oceanográfico de Mindelo, inaugurado em Novembro de 2017, é o único projecto em curso, no quadro bilateral, com financiamento do Governo federal, apoio do Estado federado de Schleswig-Holtein e executado pelo GEOMAR, em parceria com o Instituto Nacional de Desenvolvimento das Pescas (INDP).

Por causa disso, segundo a Presidência da República esta será uma oportunidade para a atracção do investimento directo alemão, nos domínios como a economia verde, com foco nas energias renováveis, a economia azul, centrada nos transportes marítimos e portos, turismo, agro-negócio, para além do reforço das relações de cooperação e amizade entre os dois países.

Por: Inforpress