Presidente de Portugal entrega 500 livros a Escola de Salineiro para o incentivo à leitura

207

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, entregou nesta segunda-feira um acervo de 500 livros para a biblioteca da Escola de Ensino Básico de Salineiro, na Ribeira Grande de Santiago, para incentivo à leitura e salientar importância do livro.

Esta é uma iniciativa do Ministério da Cultura e das Indústria Criativas e da cooperação portuguesa, que inclui nove escolas “mais necessitadas” da ilha de Santiago, Fogo e Brava, com a ideia de apoiar os bibliotecários, os alunos e os professores.

Em declarações aos jornalistas, depois de ler o livro “A Estrelinha Tlim Tlim”, de Dina Salústio, Marcelo Rebelo de Sousa enalteceu a importância desse projecto porque, conforme defendeu, a leitura “é essencial” para transformar a vida das sociedades.

“A ideia não é apenas 500 livros para as bibliotecas, mas é também apoiar os bibliotecários, os formadores (…) e ajudar a perceber a importância do livro. É essa a grande aposta, porque a leitura transforma a vida das sociedades”, notou.

Marcelo Rebelo de Sousa disse, no entanto, que ficou “surpreendido” com o à vontade que os alunos demonstram durante a leitura do livro e do modo como acompanharam a história do conto.

Questionado a revelar o motivo da leitura de um conto para os alunos, o chefe de Estado português disse que foi “simbólica” e que já estava previsto e combinado com a embaixadora de Portugal em Cabo Verde que esta seria o momento apropriado.

“Fui director de bibliotecas e desde pequenino que comecei a coleccionar livro e fez diferença na minha vida, não tinha chegado a professor sem o livro e a leitura e depois não tinha chegado à presidência”, conclui.

Por: Inforpress