Presidente do Boca Juniores anuncia: «Não aceitamos disputar o jogo»

34

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici anunciou nesta terça-feira, após a reunião em que foi decidido que a segunda mão da final da Libertadores será disputada fora da Argentina, que o Boca vai exigir a desqualificação do River Plate da prova e que o clube a que preside não vai a jogo.

«Pedimos a desqualificação [do River Plate] e temos elementos suficientes para que nos seja dada razão. Não aceitamos disputar qualquer jogo até que o tribunal se pronuncie», afirmou, citado pela imprensa argentina, declinando as decisões de reprogramação da partida.

O líder dos Xeneizes declarou ainda que o Boca Juniors irá esgotar todas as possbilidades e, se necessário for, recorrer para o TAS devido aos incidentes provocados nas imediações do Estádio Monumental.

Por: Maisfutebol