O Tribunal da Praia aplicou prisão preventiva a cinco dos seis indivíduos detidos na Operação Especial de Prevenção Criminal (OEPC) levada a cabo pela Polícia Nacional, no dia 10 de Maio em alguns bairros da capital.

Em comunicado, a Polícia Nacional (PN) faz saber que os indivíduos detidos na operação especial foram apresentados no prazo legal ao poder judicial para o primeiro interrogatório de arguido detido, tendo sido decretada a cinco deles a medida de coacção pessoal de Prisão Preventiva.

As detenções ocorreram durante uma operação especial da PN nas zonas de Achada Grande Trás, Ponta D’água, Santaninha e Achadinha, em resposta à onda de criminalidade que se tem verificado nos mesmos.

“Além dos objectos apreendidos nas buscas feitas no dia da operação, novas diligências levaram à apreensão de mais cinco armas de fogo de fabrico artesanal, denominadas ‘boca bedju’”, informou a PN.

Por: Inforpress