Qualificação CAN 2017: Cabo Verde vence São Tomé e Príncipe por 2-1

3301
A selecção cabo-verdiana de futebol, os Tubarões Azuis, venceu hoje São Tomé e Príncipe por 2-1 e mantém esperança de ir ao Campeonato Africano das Nações (CAN) 2017, que realiza-se no Gabão. Na ilha do Príncipe, São Tomé e Príncipe, recebeu Cabo Verde, no Estádio 12 de Julho, para o jogo da quinta jornada do Grupo F de qualificação para o CAN. O seleccionador nacional, Felisberto ‘Beto’ Cardoso, escolheu para o onze inicial, o guarda-redes Vozinha que teve a sua frente os defesas Carlitos, Peck’s, Vally e Stopira. Marco Soares, o capitão, Calú e Jamiro ocuparam o meio campo crioulo enquanto que para a frente de ataque, Ryan Mendes, Ricardo Gomes e Garry Rodrigues foram os escolhidos. Logo no inicio do jogo São Tomé reclamou golo pois num remate de um dos seus jogadores, dentro da área, a bola bateu na barra e, segundo as imagens televisivas, a bola terá ultrapassado a linha de golo. O arbitro, do Senegal, não marcou e deixou seguir. Perto do fim da primeira parte, Calú, por causa de uma entrada dura, viu cartão amarelo, e para não arriscar, Beto deixou o jogador no banco. Para o seu lugar entrou Toni Varela. Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Garry Rodrigues remata e o guarda-redes sãotomense defende para a frente e Ricardo Gomes marcou. Garry veio depois a sair para dar o lugar à Nuno da Costa. Nuno, no jogo da sua estreia, marcou com uma assistência de Vozinha, pois o guarda-redes tinha a bola viu o avançado, que joga na França, a desmarcar-se e fez um longo passe, e frente ao guarda-redes adversário, Nuno da Costa marcou. Leleco ainda entrou no jogo substituindo Ryan Mendes Aos 42′ São Tomé veio a reduzir e apôs o golo tiveram ainda uma oportunidade soberba para empatar, mas assim não aconteceu. Com este resultado, e com o empate de ontem, a uma bola, entre Marrocos e Líbia, Cabo Verde continua no segundo lugar do grupo com nove pontos. Marrocos, já qualificado, tem 13 pontos, segue-se Cabo Verde, Líbia (4 pontos) e São Tomé e Príncipe (3 pontos).