Rússia ultrapassa Brasil e já é o 2.º país com mais mortes por Covid-19

157

Até ao final de novembro, a Rússia registou 658.634 mortes associadas ao vírus. À frente, só mesmo os Estados Unidos, com 825.663 vítimas mortais.

Rússia tornou-se no segundo país com mais mortes por Covid-19 desde o início da pandemia ao registar, em novembro, 87.527 óbitos ligados à SARS-Cov-2. 

De acordo com os dados do serviço estatal russo de estatísticas e os cálculos da Reuters, novembro foi o mês mais mortal no país desde o início da pandemia.

Assim, o número total de mortes por Covid-19 até ao final do mês, na Rússia, chegou a 658.634, de acordo com cálculos da Reuters baseados nos números do serviço de estatísticas Rosstat.

A Rússia ultrapassa assim o Brasil, que já soma 618.800 mortes desde o início da pandemia, e torna-se no segundo país com mais mortes por SARS-Cov-2 a seguir aos Estados Unidos.

Nos EUA, a Covid-19 já causou a morte de 825.663 pessoas, de acordo com uma contagem da Reuters, mas sua população é mais do que o dobro da Rússia.

Os dados mostram ainda que a Rússia registou mais de 835.000 mortes em excesso desde o início do surto, em abril de 2020, até ao final de novembro, em comparação com a mortalidade média em 2015-2019.

Até agora, o número de mortos na Rússia não foi afetado pela variante Ómicron, tendo sito motivado sobretudo por um surto de infeções em outubro e novembro, que as autoridades de saúde atribuíram à variante Delta e a uma lenta campanha de vacinação.

Por: Lusa