TAS devolve sete pontos que o PAOK de Fernando Varela perdeu na secretaria

239

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) decidiu esta sexta-feira devolver os sete pontos retirados pela justiça desportiva grega ao PAOK, de Fernando Varela.

Recorde-se que o clube tinha sido punido pela Comissão disciplinar da Liga grega por considerar que Ivan Savvidis, dono do PAOK, detinha, por intermédio de um familiar ações do Xanthi, também do primeiro escalão grego, uma irregularidade denunciada pelo Olympiakos do treinador português Pedro Martins.

Segundo o jornal grego Gazzetta, o TAS devolveu os pontos ao PAOK e considerou que o caso deverá ser analisado novamente em instância de recurso da Federação grega, sendo novamente passível de recurso para o TAS.

«A maior vitória do PAOK foi esta decisão, sem título, nem golos, nem jogos vencidos. A honra e a dignidade são o mais importante», lê-se numa mensagem de Savvidis, partilhada pelo clube de Salónica.

Com a recuperação dos sete pontos retirados na secretaria, quando faltam disputar três jornadas, o PAOK regressa ao segundo lugar – que dá acesso à Liga dos Campeões –, com 68 pontos, menos 17 do que o virtual campeão Olympiacos e mais dois do que o AEK Atenas, terceiro classificado.

Na altura, o Xanthi foi punido com a subtração de 12 pontos.

Há cerca de dois anos, a Liga grega baniu Savvidis dos estádios durante três anos, depois de ter entrado em campo armado durante um jogo com o AEK, em 11 de março de 2018.

Por: Maisfutebol/DTudo1Pouco