Traficantes de drogas estão a aliciar estudantes africanos como correios de drogas

1314

Segundo a Policia Judiciaria (PJ), grupos criminosos estão a recrutar estudantes africanos, entres eles cabo-verdianos, com necessidades financeiras, como “correios de drogas” entre Brasil e África.

Imagem da internet

Patrício Varela, Director Nacional da Polícia Judiciária, alerta a população em geral para tal facto dizendo que esta é uma “realidade nova” que, apesar de não terem dados que indiquem que há um aumento progressivo desses casos, em Cabo Verde já ocorreu um caso. Na Guiné-Bissau, diz Varela, o assunto já é preocupante.

Segundo Patrício Varela, os “grupos criminosos não conhecem limites”, principalmente destes em concreto, que estão a recrutar estudantes no Brasil para fazerem o trabalho de “correios de drogas”, o que está a deixar a polícia criminal “bastante preocupada”.

Varela disse ainda que, neste momento, apesar da demanda em termos do pessoal e de recursos, a PJ tem feito um “esforço enorme” para fazer as suas investigações criminais e que o resultado é conhecido por todos, visto que os profissionais estão “empenhados, em cada vez mais”, fazer um trabalho “mais apurado” e dar um combate efectivo ao crime em Cabo Verde.

Fonte: Inforpress