Tribunal decreta prisão preventiva aos suspeitos de homicídio da jovem da ilha do Sal na cidade da Praia

405

O Tribunal da Praia decretou prisão preventiva aos dois indivíduos de sexo masculino, suspeitos do crime de homicídio da jovem da ilha do Sal que se encontrava na capital do País em período de férias.

No comunicado enviado à Inforpress, a Polícia Judiciária informou ainda que ao terceiro indivíduo detido por suspeita de tráfico de drogas, foi aplicada a medida de pagamento de uma caução no valor de 400 mil escudos.

Os dois indivíduos, do sexo masculino, de 32 e 38 anos, sendo um dos quais residente na localidade de Terra Branca, e outro natural dos Estados Unidos da América, com nacionalidade cabo-verdiana, foram detidos na passada terça-feira, 17, pela Polícia Judiciária.

Os indivíduos são suspeitos da prática de um crime de homicídio agravado e um crime de armas, cometidos no passado dia 26 de Julho, tendo como vítima uma jovem do sexo feminino, de 35 anos, natural da ilha do Sal e que se encontrava de férias na Cidade da Praia.

O corpo da vítima viria a ser encontrado, três dias depois, a 29 de Julho, na ribanceira de Laranjo, arredores da circular, na capital do País, onde terá sido abandonada, após o cometimento do crime.

Por: Inforpress