UEFA deixa cair caso contra a Superliga e fundadores escapam sem punições

146

Organismo optou por seguir as ordens dos tribunais e retirar os processos.

UEFA deixou cair o processo que mantinha nos tribunais contra Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Juventus, Inter de Milão, AC Milan, Manchester City, Manchester United, Liverpool, Chelsea, Arsenal e Tottenham, os 12 fundadores da Superliga Europeia.

A notícia foi adiantada, ao final da noite desta segunda-feira, pelo jornal britânico The Telegraph, que revela que o organismo que rege o futebol continental optou por seguir as ordens judiciais que ditavam a impossibilidade de aplicar qualquer tipo de punição aos envolvidos.

“Figuras proeminentes no seio da UEFA tomaram a posição de que uma longa e prolongada batalha judicial será contraprodutiva, especialmente durante as tentativas de combater o enredo da FIFA quanto à introdução dos Campeonatos do Mundo a cada dois anos”, pode ler-se.

Significa isto que os três clubes que continuam a apoiar o projeto da Superliga Europeia – Real Madrid, Barcelona e Juventus – não irão sofrer qualquer sanção, apesar de o presidente, Aleksander Ceferin, ter assumido que gostaria de afastá-lo durante, pelo menos, uma temporada da Liga dos Campeões.

A publicação acrescenta que a decisão será tornada pública já na terça-feira, e fará com que as multas já aplicadas aos nove clubes que, entretanto, ‘abandonaram o barco’ caiam imediatamente por terra.

Por: Noticias ao Minuto