Vídeo mostra afrodescendentes impedidos de fugir da Ucrânia

513

Nas imagens é possível verificar um cordão humano para bloquear o acesso destas pessoas aos comboios, dando primazia aos restantes cidadãos.

fuga à Ucrânia, invadida pela Rússia desde dia 24 de fevereiro, apresentou dupla dificuldade para alguns cidadãos. 

Nos últimos dias, têm-se registado relatos de emigrantes e cidadãos afrodescendentes impedidos de entrar nos comboios para atravessar a fronteira e fugir do país. 

Em vídeos partilhados nas redes sociais é possível verificar isso mesmo, com ucranianos a formar uma espécie de cordão humano para bloquear a passagem para os comboios a estas pessoas. 

O governo da Nigéria já reagiu tendo condenado relatos de que os seus cidadãos, e de outros países africanos, foram impedidos de deixar a Ucrânia devastada pela guerra.

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, disse que havia cerca de 4 mil nigerianos na Ucrânia, a maioria estudantes, e que “todos os que fogem de uma situação de conflito têm o mesmo direito à passagem segura sob a Convenção da ONU, e a cor de seu passaporte ou da sua pele não deve fazer diferença”. 

Por: Noticias ao Minuto