Zé Luís: “Sempre demonstrei e falei que estava disponível para a selecção de Cabo Verde”

Tem sido um dos temas mais falados nos últimos dias, a não convocação do jogador Zé Luís para o jogo frente a selecção da Líbia, jogo a contar para a qualificação para o CAN 2017.

1130
Nesta quarta-feira foi divulgado a lista dos pré-convocados para o referido jogo e uma das ausências bem notadas foi do avançado Zé Luís, que joga no Spartak de Moscovo da Rússia. Um dia depois do anuncio dos pré-convocados, falamos com o seleccionado nacional, Beto Cardoso, (ver entrevista aqui) que afirmou que vai falar com Zé Luís para ver a sua disponibilidade em representar a selecção de Cabo Verde. Nos, do DTudo1Pouco, também quisemos falar com o jogador e este aceitou dar uma entrevista exclusiva ao site: DTudo1Pouco: Qual é a tua motivação em relação a selecção? Pronto para ser chamado de novo? Zé Luís: Vou falar-te uma coisa bem simples que já falei antes e vou repetir, sempre demonstrei e falei que estava disponível para a selecção. Agora a minha não convocação tem a ver com eles e não comigo. Se tiverem alguma coisa a dizer a respeito de mim que falem, que eu não sei de nada. Agora limito-me a ver e aceitar as escolhas feitas por eles, porque respeito todos os jogadores profissionais, se estão lá é porque eles tem qualidades para isso. Mas eu continuo fazendo o que mais gosto que é jogar futebol. As pessoas tem má impressão de mim porque pensam que eu rejeito a selecção, é pura mentira. Não rejeitei, simplesmente acho que la dentro eles tem uma ma imagem de mim, e acredito que da ultima vez ficaram ressentidos por eu ter me magoado [no ultimo jogo Zé Luís saiu lesionado]? Mas afinal não fui eu o prejudicado? Agora não tiveram a coragem de nem me dirigir uma palavra sequer. DTudo1Pouco: Quanto fala das pessoas que “pensam mal de ti e que não queres jogar pela selecção” estas a falar dos “treinadores de bancada”, certo?
Zé Luís: Exacto, porque a selecção é do povo e de mais ninguém.
DTudo1Pouco: E magoado estas é com estas pessoas?
 
Zé Luís: Não, achas? É a opinião de pessoas que não sabem o que falam, não posso ficar magoado com eles. A minha única magoa é não estar na selecção, mas por outro lado trabalho para dar alegria a quem acredita em mim e nas minhas qualidades. 
DTudo1Pouco: No ultimo jogo no Spartak marcas-te dois golos, estas mais confiante do que nunca? Zé Luís: Sinto-me motivado e com ganas de trabalhar mais e mais, só quero esclarecer uma coisa, a não convocação não tem nada a ver comigo. Mas continuo dizendo que apoio a 100% a selecção porque também tenho la amigos que fiz no futebol e torso muito por eles.
DTudo1Pouco: Tem mais algo a acrescentar, algo que não perguntei?
 
Zé Luís: Nada mais, respeito a decisão, e continuo o meu caminho.